Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma imagem mais mil palavras

Este blog é uma parceria com a Carina Pereira, autora do blog '' contadordestorias.blogs.sapo.pt '' e Cristina Viviana. A combinação de desenhos e textos faz "uma imagem mais mil palavras"

Uma imagem mais mil palavras

Este blog é uma parceria com a Carina Pereira, autora do blog '' contadordestorias.blogs.sapo.pt '' e Cristina Viviana. A combinação de desenhos e textos faz "uma imagem mais mil palavras"

19
Ago17

Girassóis á porta

F. Alexandra

 

Girassóis à porta

 carina.jpg
O nome dela era Solange, todos a tratavam por Sol. Era uma rapariga que costumava ajudar tudo e todos.
Cabelo longo e ondulado como o mar em tempos ventosos, acompanhado de olhos castanhos reluzentes e com um leve tom laranja. Solange era uma rapariga extraordinária.
Um belo dia depois de sair do trabalho de voluntariado, seguia o seu caminho para casa e encontrou uma carteira azul no chão. Nela estava escrita o seguinte: “Um dia que ergueres à luz, nunca olhes para trás e continua o teu caminho como o tens feito.”
Entregou a carteira na estação mais próxima e continuou o seu caminho.

No seu entretanto pensava: De quem era aquela carteira? Ainda bem que a entreguei na esquadra.
No dia seguinte Solange voltou ao trabalho, e sem demoras recebe um telefonema.
- Muito obrigado por ter encontrado a minha carteira, fico muito agradecido – diz uma voz do outro lado do telefone.
- Não é preciso agradecer, eu só fiz o meu dever. - Deu um leve sorriso.
-Mesmo assim tenho que agradecer, foi um bonito gesto da sua parte. Já agora o meu nome é Pedro.
- Muito prazer o meu é Solange, mas todos me tratam por Sol.
- Que nome bonito, Solange. - Dá uma leve risada
-Obrigada. – Sorri. – Caso necessite de alguma coisa é só ligar para este número.
- Obrigada.
Quando chega ao seu prédio depois de um dia cansativo, Solange abriu a porta principal e subiu as escadas como faz todos os dias.
Na porta da sua casa, está um cesto azul com a mesma frase que estava na carteira que tinha encontrado, com dois girassóis e um bilhete.

Solange abre o bilhete e lê-o em voz alta -

''Boa noite Solange, ou devo eu dizer Sol?

Entrego-te este cesto azul com girassóis porque combinam consigo, Girassol – Sol, para agredecer o seu bom gesto de hoje.

Tenho uma proposta de trabalho para si...Quero que venha trabalhar para a instituição que estou encarregue, chama-se “Luz para as crianças”. Espero que nunca desista de fazer boas acções e de ajudar os outros. Fico á espera da sua resposta. Até lá, Pedro”.


Solange entrou dentro de casa, agarrou no telemóvel e sem demoras ligou para Pedro dizendo que aceitava a proposta. Aquele bilhete fez lhe entender que se fizer o bem, terá sempre os seus benefícios.

 

imagem: carina.

texto: Vi. 

 

1 comentário

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D